NAPI Energia Zero Carbono

NAPI Energia Zero Carbono

No contexto da Emergência Climática, o desafio da ciência e dos cientistas é promover soluções para mitigar a emissão dos Gases de Efeito Estufa (GEE). Assim nasce em 2023 o Novo Arranjo de Pesquisa e Inovação (NAPI) Energia Zero Carbono (EZC) para promover o desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Paraná.

O conceito de Energia Zero Carbono está diretamente ligado à geração de energia elétrica sem lançar gases nocivos na atmosfera, seja na exploração de um produto ou serviço. Desta forma, instituições de ensino superior, professores, pesquisadores e alunos pretendem contribuir efetivamente para o processo de transformação energética do Paraná a partir do conhecimento acumulado após mais de duas décadas de pesquisas.

O NAPI se propõe ainda a ser um polo difusor de uso racional de energia e do relacionamento universidades-empresas para transferência direta de tecnologia, estímulo à inovação e ao empreendedorismo.

ods - img
ods - img
ods - img
ods - img
ods - img
ods - img

Objetivos

Imagem

Impulsionar o empreendedorismo tecnológico por meio da exploração de fontes de energia inteligente

Imagem

Promover o estudo e desenvolvimento de novas soluções em Energia Zero Carbono

Imagem

Incentivar e educar para o uso racional de energia

Imagem

Inserir estudantes de graduação e pós-graduação em empresas de base tecnológica paranaenses

Imagem

Formar massa crítica para o desenvolvimento científico e tecnológico em soluções em Energia Zero Carbono

Imagem

Propiciar a criação da cultura de empreendedorismo e ESG no meio acadêmico

Números

6

Instituições

6

startups

30

doutores

22

bolsistas de mestrado

48

bolsistas em Iniciação Tecnológica

1

produto

1

evento

2,36 mi

Investimento

NAPI PLAY

O NAPI Energia Zero Carbono foi instituído em meados de 2022 e formalizado em 2023, reunindo pesquisadores do Paraná, que estudam alternativas para geração de energia sustentável. Você pode conhecer em detalhes a proposta de trabalho no vídeo. No podcast, fique sabendo sobre as diversas tecnologias para o uso racional de energia, que seguem os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a Agenda 2030, definida pela Organização das Nações Unidas (ONU).